O próprio Deus é o tutor da tua vida!!

13:27 Irismar Oliveira 4 Comments


Porque certamente te livrarei, e não cairás à espada; mas a tua alma terás por despojo, porquanto confiaste em Mim, diz o SENHOR.” (Jr 39:18 ACF)


Certamente te salvarei!

Olhai o poder protetor da confiança em Deus. Os grandes homens de Jerusalém caíram pela espada, mas o pobre Ebed-melech estava seguro, porque ele tinha a sua confiança no SENHOR. Em quem mais podia um homem confiar, senão no seu Criador? Nós somos néscios quando preferimos a criatura ao Criador. Oh (!), que em todas as coisas possamos viver pela fé; então seremos livres, em todo o tempo, de perigo! Ninguém jamais confiou ou confiará em vão no SENHOR.

O Senhor disse: «Certamente te salvarei». Prestai atenção ao divino “certamente”. Por incerto que seja todo o resto (na vida), o cuidado de Deus (1) pelos crentes é certo. O próprio Deus é o tutor dos agraciados. Debaixo da Sua asa sagrada há segurança, ainda que por toda a parte (lá fora) haja toda a classe de perigos. Podemos nós aceitar esta promessa como certa? Então, na nossa emergência presente descobriremos que ela permanece firme. Esperamos ser livres porque temos amigos, porque somos prudentes, ou porque podemos ver sinais que dão grandes esperanças; mas nenhuma destas coisas é, nem a metade, da tão boa como simples expressão de Deus “porquanto confiaste em Mim”. Querido leitor, põe à prova (experimenta) este caminho, e, provando-o, manter-te-ás nele toda a tua vida. (Ele) é tão suave como (quanto) seguro. 



________________
Notas:
o cuidado que Deus tem
___________________________________________________
Faith's Checkbook—C. H. Spurgeon
Livro de Cheques do Banco da Fé 
Tradução de Carlos António da Rocha
É PROIBIDA A REPRODUÇÃO DESTE TEXTO SEM CITAR NA ÍNTEGRA ESTA FONTE








4 comentários:

Cuidado para não ficar Viciado!!

16:26 Irismar Oliveira 20 Comments


“Tenha cuidado com a tristeza. É um vício.” Gustave Flaubert




Versículo para Meditação:
 "Assim como o Pai Me amou, também Eu vos amei a vós. Agora permanecei no Meu amor, tal como eu obedeço aos mandamentos do Meu Pai e permaneço no Seu amor. Tenho-vos dito isto para que a minha  Alegria permaneça em vós, e a vossa Alegria seja completo. João 15:9-11 

20 comentários:

Pare de reclamar pelo que não tem e agradeça o que já tem!!

07:00 Irismar Oliveira 24 Comments


"O meu Deus, segundo as suas riquezas, suprirá todas as vossas necessidades em glória, por Cristo Jesus" (Filipenses 4:19).


Ansiamos Por Mais... Por quê?

Durante a Guerra Revolucionária na América, alguns oficiais britânicos, os portadores de uma bandeira da paz, foram convidados pelo General dos Insurgentes, para jantar com ele. Eles aceitaram o gentil convite e foram conduzidos a uma barraca onde um oficial estava assando algumas batatas em um fogão de acampamento. Esperando uma mesa arrumada com esmero, os oficiais britânicos ficaram surpresos quando o oficial que preparava a comida sacudiu as cinzas das batatas e colocou-as na mesa para o jantar do general e seus convidados. Quando os oficiais britânicos retornaram a seu próprio acampamento, eles contrastaram a alimentação dos soldados americanos com sua própria alimentação, bem mais refinada e cara. Eles refletiram sobre suas grandes necessidades de satisfação e comodidade sem levar em conta as circunstâncias. 

Talvez seja esse o maior problema em relação à nossa satisfação e felicidade. Estamos sempre reclamando porque não temos isso e aquilo, porque o nosso vizinho conseguiu mais do que nós, porque muitos de nossos sonhos nunca são realizados. Queremos sempre o máximo, não nos contentando com o que já temos e que já nos é suficiente. Ansiamos por mais... muito mais, e não seremos felizes até que o alcancemos. E, se o alcançamos, é provável que de nada sirvam para nós. Tão bom seria se aprendêssemos a nos contentar com o que Deus nos dá. Ele nos prometeu suprir todas as necessidades e, certamente, o que nos dá é a medida certa para nosso prazer e regozijo. Poderíamos, sim, ser muito mais felizes se o egoísmo de desejar mais não servisse de obstáculo em nosso caminho de felicidade

Agradeçamos a Deus e sejamos felizes com o que temos. Se Ele nos der mais...continuemos felizes e agradecidos.

Por Paulo Roberto


Postado por Vivendo pela Palavra: http://irismaroliveira.blogspot.com


24 comentários:

Orem por mim!!

13:41 Irismar Oliveira 30 Comments

A oração fervorosa de um homem justo tem grande poder e resultados maravilhosos. Tg 5:16


 Levai as cargas uns dos outros.

Olá amigos do Vivendo pela palavra, hoje quero partilhar com você um desejo que nasceu no meu coração ontem à noite, desejo esse de dedicarmos nesse dia um tempo mesmo que seja na frente do computador para orarmos por alguém. 

Você pode me perguntar e por quem devo orar? Essa pessoa pode ser alguém que você tem sentido o desejo de orar faz alguns dias ou enquanto você ia lendo esse pedido lembrou-se de alguém, então aproveite esse momento e separe uns minutinhos para interceder ao Pai pela vida dessa pessoa, seja um intercessor nesse momento. 

Muitos estão precisando de um intercessor em suas vidas, de alguém que se coloque na brecha por eles, muitos estão sofrendo e se elas tivessem a oportunidade de nos pedi alguma ajuda com toda a certeza seria “Orem por mim! Me ajudem em oração! Queridos amigos, vamos partilhem as dificuldades e problemas uns dos outros, vamos dividi as cargas, pois alguns estão apertados e sobrecarregados.  Alguns que vão ler esse pedido também estão passando por momentos difíceis e você sabe como é precioso ter um intercessor nos momentos difíceis. 

A oração leva a Deus as misérias do homem e devolve ao homem a comunhão e o auxilio do Senhor”Sabatier

Muitos nesse momento estão precisando de 

Perdão 

Cura do corpo e das emoções 

Alegria 

Direção de Deus para tomar decisões 

Suprimentos financeiros, alimentos e roupas 

Cuidado 

Amigos 

Livramento 

Sabedoria 

Quero aproveitar e orar por você : 

Que o SENHOR Deus te ouça no dia da angústia, o nome do Deus de Jacó te proteja.  Envie-te socorro desde o seu santuário, e te sustenha desde Sião. Lembre-se de todas as tuas ofertas, e aceite os teus holocaustos. (Selá.)  Conceda-te conforme ao teu coração, e cumpra todo o teu plano. Salmo 20 

Quero lembrar a todos que estamos fazendo parte do projeto um MINUTO PELA FAMÍLIA e lhes convidamos a fazer parte também, veja mais sobre esse projeto no blog da nossa querida Daiane:Restaurando Minha família  

Sobre o Autor:
Irimsar Santos Irismar Santos é autora do Vivendo pela palavra, pastora  Reside em Fortaleza- Ce, é casada e mãe de um filho. Esse blog tem como objetivo mostrar a importância de viver pela Palavra de Deus. Seja bem-vindo e Volte sempre que desejar!.

30 comentários:

Chega de medir a vida dos outros!

06:56 Irismar Oliveira 21 Comments

"Não julgueis, para que não sejais julgados",Mat.7.1
Cuide-se de Não Criticar os Outros.

Por Oswald Chambers
No que diz respeito a julgar, Jesus diz: "Não". O cristão comum é um indivíduo crítico ao extremo. A crítica faz parte das faculdades comuns do homem; mas, no campo espiritual, nada se consegue através da crítica. O efeito da crítica é a destruição dos potenciais daquele que é criticado; o Espírito Santo é o único que está em condições de criticar, só ele é capaz de mostrar o que está errado sem magoar nem ferir. É impossível entrar em comunhão com Deus quando se tem um espírito crítico, pois ele nos torna duros, vingativos, cruéis e nos deixa com a lisonjeira presunção de que somos superiores a quem acabamos de criticar. Jesus diz-nos que, como discípulos, temos de cultivar um estado de espírito que não critica. Isso não se consegue de uma vez. Evite qualquer atitude que o coloque numa posição de superioridade.

Não há como escapar à sondagem de Jesus. Se estou vendo o argueiro no olho de alguém, isso significa que tenho uma trave no meu. Tudo o que possa ver de errado em si, Deus o encontrará em mim também. Todas as vezes que julgo alguém, me condeno a mim mesmo, Rom.2.17-20. Chega de medirmos a vida dos outros

Sempre existe na vida dos outros um lado que desconhecemos. O que Deus tem que fazer é submeter-nos a uma limpeza espiritual própria; e, depois disso, não restará espaço de manobra para qualquer tipo de orgulho em nós. Nunca mais achei alguém de quem pudesse desesperar depois de verificar o que está em mim aparte da graça de Deus.

Fonte da imagem: http://www.google.com.br
Postado por Viendo pela Palavra: http://irismaroliveira.blogspot.com

21 comentários:

A tentação de confiar nos métodos e não em Deus!

07:00 Irismar Oliveira 8 Comments

Utilize Métodos, mas não confie neles, confie em Deus


Isto parece tão simples; e, como um princípio, é bastante simples. Mas, na prática, nós, pecadores, somos inclinados a confiar nos meios e não em Deus. Faço planos freqüentemente e percebo que meu entusiasmo cresce ou diminui, à medida que os planos são perspicazes ou não. Isto é confiar em planos e não em Deus. Sem dúvida, Ele deseja que utilizemos meios para realizar a sua obra. Todavia, é evidente que Deus não deseja que confiemos nestes meios. O cavalo prepara-se para o dia da batalha, mas a vitória vem do Senhor” (Pv 21.31). Portanto, nossa confiança deve estar no Senhor e não em cavalos. Uns confiam em carros, outros, em cavalos; nós, porém, nos gloriaremos em o nome do Senhor, nosso Deus (Sl 20.7). 

A vida de George Müller foi dedicada a comprovar esta verdade. Em certa ocasião, ele explicou como esta verdade se relaciona à nossa vocação. Devemos trabalhar para obter nosso sustento e suprir nossas necessidades. No entanto, não devemos confiar em nosso trabalho, e sim em Deus; pois, do contrário, sempre estaremos ansiosos pelo fato de que nossas necessidades não serão satisfeitas, se não pudermos trabalhar. Entretanto, se estamos confiando em Deus, não em nosso trabalho, e se Ele ordenar que percamos nosso trabalho, podemos estar certos de que Deus satisfará nossas necessidades; assim, não precisaremos ficar ansiosos. Eis a maneira como Müller apresentou o assunto: 

Por que estou realizando este trabalho? Por que estou envolvido neste negócio ou nesta carreira? Em muitas instâncias, no que diz respeito à minha experiência, que reuni no ministério entre os crentes, durante os últimos 21 anos, creio que a resposta seria: “Estou envolvido em minha vocação terrena para que tenha meios de conseguir as coisas necessárias da vida, para mim e minha família”. No que se refere à vocação terrena dos filhos de Deus, este é o principal erro do qual resultam quase todos os demais erros nutridos por eles — não é bíblico nem correto estar envolvido em um negócio, uma profissão, uma vocação apenas para ter meios de conseguir as coisas necessárias à vida, pessoal e familiar. Mas, devemos trabalhar, porque é a vontade de Deus para nós. Isto é evidente das seguintes passagens bíblicas: 1 Tessalonicenses 4.11-12, 2 Tessalonicenses 3.10-12 e Efésios 4.28. 

É verdade que o Senhor provê as necessidades da vida por intermédio de nossa vocação secular. No entanto, esta não é a razão por que devemos trabalhar; isto é bastante claro da seguinte consideração: se o possuirmos as coisas necessárias à vida dependesse de nossa capacidade de trabalhar, nunca ficaríamos livres de ansiedade, pois sempre teríamos de perguntar a nós mesmos: “O que farei quando estiver velho e não puder mais trabalhar? Ou quando, por causa de enfermidade, for incapaz de ganhar o pão de cada dia?” No entanto, se, por outro lado, estamos envolvidos em nossa vocação terrena, porque é a vontade de Deus que trabalhemos e que, fazendo isso, sejamos capazes de suprir nossas necessidades e de nossos queridos, bem como ajudar os fracos, os doentes, os idosos, os necessitados; assim, temos um motivo excelente e bíblico para dizermos: “Se agradar ao Senhor colocar-me na cama, por causa de enfermidade, ou impedir-me, por causa de doença, idade avançada ou falta de emprego, de obter o meu pão de cada dia, por meio do trabalho de minhas mãos, meus negócios ou minha profissão, Ele mesmo providenciará o necessário para mim”. (Uma Narrativa de Algumas das Realizações do Senhor para com George Müller — vol. 1, escrito por ele mesmo; Muskegon, Michigan, Dust and Ashes Publications.) 

Esta verdade se aplica não somente à nossa vocação secular, mas a todas as áreas de nossa vida. Momento após momento, usamos meios para manter nossa vida e realizar os propósitos de Deus (comida, telefone, casa, remédios, carro, pedreiros, médicos, etc.). Temos de aprender a lição de não confiar nestas coisas, quando as usamos, e sim confiar em Deus. Isto se aplica também ao planejamento para a nossa igreja. Fazemos planos. Elaboramos orçamentos. Ensinamos e aconselhamos. A tentação permanente é a de confiarmos nestas coisas e não em Deus, para agir com, por intermédio de ou sem estas coisas. Portanto, enquanto sonhamos a respeito de missões e de nosso ministério, utilizemos meios, mas confiemos em Deus. As promessas dEle são as únicas coisas seguras. Todos os nossos meios são falíveis. 

George Müller resumiu assim este princípio: 

Este é um dos grandes segredos relacionados ao serviço bem- sucedido para o Senhor — trabalhar como se todas as coisas dependessem de nossa diligência, mas, apesar disso, não depender do menor de nossos esforços, e sim das bênçãos do Senhor” (Narrativa, vol. 2, p. 290). 

Ou, conforme a Bíblia o diz: “Desenvolvei a vossa salvação com temor e tremor; porque Deus é quem efetua em vós tanto o querer como o realizar, segundo a sua boa vontade” (Fp 2.12-13). E conforme Paulo também declara: “Mas, pela graça de Deus, sou o que sou; e a sua graça, que me foi concedida, não se tornou vã; antes, trabalhei muito mais do que todos eles; todavia, não eu, mas a graça de Deus comigo” (1 Co 15.10). 

Que o Senhor nos conceda estarmos livres de toda ansiedade, enquanto confiamos nEle, em vez de confiarmos nos meios que utilizamos.

Fonte da imagem: http://www.google.com.br/

8 comentários:

A porta foi aberta para o pecado?

09:21 Irismar Oliveira 22 Comments

Há algum tipo de pecado incorporado ao seu estilo de vida? 


Por Jonathan Edwards
As instruções para você auto-examinar-se quanto a algum pecado do qual talvez você não esteja crente já foram dadas. Como estão as coisas na sua vida? Você acha que está vivendo em algum caminho mau? Não estou perguntando se você está livre de pecado. Isso não é o esperado, pois não há quem não peque (lRs 8.46). Mas há algum tipo de pecado incorporado ao seu estilo de vida e prática? Sem dúvida alguns estão limpos nessa questão, alguns "irrepreensíveis no seu caminho, que andam na lei do Senhor... que guardam as suas prescrições, e o buscam de todo coração; não praticam a iniquidade e andam nos seus caminhos" (SI 119.1-3). 


Permita que sua consciência responda sobre como você vê sua própria vida. Você pratica algum pecado pela força do hábito? Você se deu permissão para isso? Se esse for o caso, considere o seguinte: 

Se você tem procurado a salvação e ainda não a encontrou, a razão disso pode ser algum tipo de pecado em sua vida. Talvez tenha se perguntando qual é o problema que o deixa tão preocupado em relação à sua salvação — quando diligentemente você a tem buscado — e ainda não teve retorno. Muitas vezes já implorou a Deus, e ele ainda não atentou para você. Outros recebem conforto, mas você ainda permanece em trevas. Mas isso não deve surpreender, se você se agarrou a algum pecado por muito tempo. Não é isso uma razão suficiente para que todas as sua orações e todas as suas pretensões deixem de ser atendidas? 

Se você tem tentado reter seu pecado enquanto busca o Salvador, você não está buscando a salvação da maneira correta. O caminho certo é abandonar sua perversidade. Se você tem algum membro corrupto e não o corta fora, corre o risco de ele o levar para o inferno (Mt 5.29,30). 

Se a graça parece que estar definhando ao invés de florescer na sua alma, talvez a causa disso seja algum tipo de pecado. A maneira de crescer na graça é andar em obediência, e ser muito determinado nisso. A graça vai florescer no coração de todo aquele que vive dessa maneira. Se você vive em algum caminho mau, ele será como uma doença incubada sugando sua vitalidade. 

O pecado então o manterá pobre, fraco e desfalecido. Basta que um pecado seja praticado habitualmente para anular sua prosperidade espiritual e frear o crescimento e a força da graça em seu coração. Ele entristecerá o Espírito Santo (Ef 4.30). Ele impedirá a boa influência da Palavra de Deus. O tempo que ele permanecer será como uma úlcera, que o mantém fraco e deficiente, embora você se alimente da melhor e mais proveitosa comida espiritual. 

Se você caiu em grande pecado, talvez algum tipo de pecado na sua vida tenha sido a raiz fundamental do seu grande fracasso. Uma pessoa que não evita o pecado e não é meticulosamente obediente, não pode ser guardada dos grandes pecados. O pecado em que vive será sempre uma abertura, uma porta aberta, pela qual Satanás encontrará a entrada. E como uma brecha na fortaleza, por onde o inimigo pode entrar e encontrar seu caminho. Se você caiu num pecado terrível, talvez seja essa a razão. 

Ou se você permite algum tipo de pecado como um escape para sua corrupção, ele será como uma brecha numa represa que, se abandonada, se abrirá sempre mais até que não seja mais possível contê-la. 

Se você vive em trevas espirituais, sem sentir a presença de Deus, a razão disso pode ser algum tipo de pecado. Se você lamenta não ter um pouco da doce comunhão com Senhor; se sente que Deus o desertou; se Deus parece ter lhe escondido sua face e raramente lhe mostra evidências da sua glória e graça; ou se parece que você foi deixado tateando e vagueando no deserto — essa pode ser a razão. Talvez você clame a Deus freqüentemente. 

Talvez você passe noites em claro e dias tristes. Se está vivendo desta maneira, é muito provável que essa seja a causa, a raiz dos seus desenganos, o seu Acã, o causador de problemas que ofende a Deus e traz tantas nuvens de trevas sobre sua alma. Você está entristecendo o Espírito Santo, e por isso você não recebe o seu conforto. 

Cristo prometeu que se revelaria aos seus discípulos, mas com a condição de que eles guardassem os seus mandamentos: "Aquele que tem os meus mandamentos e os guarda, esse é o que me ama; e aquele que me ama será amado por meu Pai, e eu também o amarei e me manifestarei a ele" (Jo 14.21). Mas se você rotineiramente vive em desobediência aos seus mandamentos, não é de se admirar que ele não se manifeste a você. A maneira de receber o favor divino é andar perto dele. 

Se você duvida da sua salvação, talvez algum tipo de pecado na sua vida tenha levantado essas dúvidas. O melhor jeito de se ter a clara evidência da sua salvação é por meio de um andar junto a Deus. Isso, como já notamos, é também a maneira de se ter a graça florescendo na alma. E quanto mais graça vigorosa de Deus em nós, mais provável é que seja vista. E quando Cristo se revela a nós, temos a certeza do seu amor e favor. 

Mas se você vive com algum tipo de pecado, não é de surpreender que isso diminua grandemente a sua certeza. Afinal de contas, isso subjuga o exercício da graça e esconde a luz da face de Deus. E pode acontecer de você nunca saber se é um verdadeiro cristão até que tenha abandonado totalmente o pecado no qual vive. 

Se Deus o reprovou, talvez algum tipo de pecado em sua vida explique o motivo. Provavelmente a prática de um hábito pecaminoso ou o fato de tolerar um ato maldoso tenha sido a razão de ter recebido uma reprovação e um castigo dolorosos. Às vezes, Deus é excessivamente severo no trato com seu povo pelos seus pecados neste mundo. Deus não permitiu que Moisés e Arão entrassem na Terra Prometida porque o haviam desobedecido e pecado com seus lábios nas águas de Meribá. E como Deus foi terrível quando tratou com Davi! Que aflição levou para sua família! Um dos seus filhos violentou sua irmã; outro matou o irmão e depois de expulsar seu pai do trono na vista de todo Israel, deflorou a concubina de seu pai perante todos. O seu fim foi terrível; machucou completamente o coração de seu pai (2Sm 18.33). Imediatamente depois, aconteceu a rebelião de Seba (2Sm 20). No fim da vida , Davi viu seu outro filho usurpar o trono. 

Quão severamente Deus tratou Eli por ele ter vivido no pecado, não refreando seus filhos da maldade! Os dois filhos foram mortos no mesmo dia, e o próprio Eli morreu violentamente. A arca foi levada cativa (ISm 4). A casa de Eli foi amaldiçoada para sempre; o próprio Deus jurou que a iniqüidade da casa de Eli nunca seria expiada por meio de sacrifícios e ofertas (ISm 3.13,14). O sacerdócio foi tirado de Eli e transferido para outra linhagem. Nunca mais houve um sacerdote na família de Eli (2Sm 12.31). 

O motivo das repreensões divinas que recebeu é algum tipo de pecado na sua vida? Na verdade, no tocante aos acontecimentos da Providência, você não pode ser julgado pelo seus vizinhos, porém com certeza você deveria se perguntar se Deus esta contendendo com você (Jó 10.2). 

Se a morte lhe causa medo, talvez seja porque você está vivendo em algum tipo de pecado. Quando pensa na morte, você se encolhe a esse pensamento? Quando tem uma doença, ou quando alguma coisa ameaça sua vida, você sente medo? Os pensamentos de morte e a eternidade alarmam você, embora seja um cristão? 

Se você vive num caminho mau, provavelmente essa seja razão de seus medos. O pecado deixa a sua cabeça sensual e mundana e, portanto o impede de desfrutar de uma alegria celestial. O pecado diminui a graça e impede o desfrute das antecipações do conforto celestial que, de outra maneira, você desfrutaria. O pecado impede o sentimento da presença e do favor divinos. Sem isso, não é de espantar que você não veja a morte diante de si sem temor. 

Não permaneça em qualquer tipo de pecado. Se, ao ler este texto, você percebeu que vive em um tipo de pecado, considere que de agora em diante, se viver da mesma maneira, estará vivendo com um pecado conhecido. Se era ou não era conhecido no passado, você talvez tenha vivido assim inadvertidamente. Mas, agora, que é consciente dele, se continuar nele, seu pecado não será um pecado da ignorância, mas você se mostrará como um dos que vivem intencionalmente em caminhos de pecados conhecidos.

Fonte da imagem: http://www.google.com.br/
Postado por Vicendo pela palavra:http://irismaroliveira.blogspot.com

22 comentários:

Vais enfrentar sozinho a prova(ção)?

08:11 Irismar Oliveira 30 Comments


Lança o teu cuidado sobre o SENHOR, e Ele te susterá; não permitirá jamais que o justo seja abalado.” (Sl 55:22 ACF)

Lança o teu cuidado sobre o SENHOR

(Como) é uma carga pesada; lança-a sobre a Onipotência. Agora é tua carga, e ela esmaga-te; porém, quando o SENHOR a tomar (levar), ela tornar-se-á em nada. Se, porém, ainda és chamado a carregá-la, “Ele te sustentará”. Ela estará sobre Ele e não sobre ti. Serás sustentado de tal maneira que a carga será uma bênção. Leva o assunto ao SENHOR e te manterás de pé sob esse peso que, em si mesmo, te aniquilaria. 

O nosso principal temor é que a nossa prova nos desvie da senda do dever; isto, contudo, o SENHOR nunca o permitirá. Se somos justos diante dEle, Ele (o SENHOR) não permitirá que a nossa aflição nos mova da nossa posição. Em Jesus, Ele aceita-nos como justos, e em Jesus, Ele nos conservará assim.

E, o que te acontece no momento presente? Vais sair e enfrentar sozinho a prova(ção) neste dia? Têm de ser os teus pobres ombros feridos outra vez com a carga opressiva? Não sejas tão insensato. Conta ao Senhor tudo a respeito da tua dor, e deixa-a com Ele. Não lances a tua carga ao chão, para voltares a carregá-la; lança-a sobre o SENHOR, e deixa-a ali. Então andarás em liberdade como um crente gozoso que foi aliviado da carga, e cantarás os louvores do teu Grande Carregador (das tuas cargas).

___________________________________________________

Faith's Checkbook—C. H. Spurgeon
Livro de Cheques do Banco da Fé 
Tradução de Carlos António da Rocha
É PROIBIDA A REPRODUÇÃO DESTE TEXTO SEM CITAR NA ÍNTEGRA ESTA FONTE








Fonte da Imagem: http://www.google.com.br/

30 comentários:

Muito Obrigada por sua Amizade!!

07:00 Irismar Oliveira 38 Comments

TER um amigo é muito bom, mas  SER um amigo é bem melhor
Irismar Santos

Dia Internacional da Amizade!!

Olá amigos do Vivendo pela Palavra, hoje fiz uma postagem sobre o dia internacional da Amizade no Dicas Para Mulheres! e te convido a dar uma passadinha por lá.  

Veja quando surgiu o dia internacional da Amizade
Quem Inventou esse dia 
A finalidade 
O meu obrigada por sua amizade!



O Amigo é aquele que


Sempre tem um lugar no coração para um novo amigo!


Sempre oferece o ombro quando o outro precisa!


Continue lendo no Dicas Para Mulheres!!



Sobre o Autor:
Irimsar Santos Irismar Santos é autora do Vivendo pela palavra, pastora,reside em Fortaleza- Ce, é casada e mãe de um filho. Esse blog tem como objetivo mostrar a importância de viver pela Palavra de Deus. Seja bem-vindo e Volte sempre que desejar!.

38 comentários:

Aprisionados pelo Medo.

08:59 Irismar Oliveira 18 Comments

"E Jesus disse-lhe: Se tu podes crer, tudo é possível ao que crê" (Marcos 9:23).


Atravesse... Sem Medo


Certo homem precisava cruzar um largo rio, coberto de gelo. Seu grande medo era que o gelo fosse muito fino e não suportasse seu peso. Abaixando-se, com as mãos e joelhos no gelo, ele começou a travessia. A cada metro ultrapassado, com grande terror, ele achava que o gelo poderia se partir fazendo-o afundar. Quando se aproximava da outra margem, quase morto de cansaço, viu passar por ele um homem com um carro carregado de barras de ferro. 

Quantas bênçãos perdemos e quanta alegria desperdiçamos, simplesmente porque "achamos" que não conseguiremos, que não chegaremos a lugar algum, que somos um fracasso ou que nada dá certo em nossas vidas. Somos pessimistas espirituais e não ousamos confiar no Senhor que nos prometeu grandes vitórias. 

Vivemos curvados diante das tristezas, esquecendo que a alegria do Senhor é a nossa força. Vivemos conformados com as nossas fraquezas quando deveríamos seguir em frente, confiantes na força do Senhor que nos ajuda a derrubar gigantes. Vivemos aprisionados a mentiras quando poderíamos abrir o coração para a Verdade que liberta. 

O homem de nossa história achava que não seria capaz de atravessar o gelo. E nós, achamos, também, que não podemos atravessar o rio de nossas dificuldades? Achamos, também, que não podemos atingir nossos sonhos? Achamos, também, que somos um fracasso? Ora, o Senhor nos diz que não devemos temer as lutas do caminho. Ele está conosco! Ele segue ao nosso lado! Ele nos estimula nos momentos de incertezas! Ele nos garante: "Você vencerá!" 

Se a sua bênção está do outro lado, levante-se, confie no Senhor e atravesse... sem medo.

Por Paulo Roberto - Ministério para Refletir 

Fonte da imagem: http://www.google.com.br/
Postado por Vivendo pela Palavra: http://irismaroliveira.blogspot.com

18 comentários:

O poder Operacional de Deus em nossas vidas!!

08:35 Irismar Oliveira 18 Comments

"Porque Deus é o que opera em vós tanto o querer como o efetuar, segundo a sua boa vontade". Filipenses 2:13 


Por Irismar Santos
Você já parou para meditar nesse versículo? Paulo esta dizendo que 

1) Deus está operando em nós, ajudando-nos a desejar obedecer-Lhe, e 

2) Depois ajudando-nos a fazer aquilo que Ele quer 

Que texto extraordinário, ele fala que o nosso Deus, coloca em nossos corações o desejo de lhe obedecer e depois nos capacitar a obedecer, essa compreensão é fundamental para a caminhada do cristão, pois se não cremos nessa verdade podemos ignorar esse agir de Deus em nossas vidas. 

Como podemos ver Deus nos ajudando a desejar obedecer-Lhe? Vejamos algumas perguntas que podem nos ajudar

Você sente o desejo de buscar a Deus? 

Você sente vontade de orar, ler a bíblia, ler bons livros? 

Você sente a vontade de renunciar o pecado? 

Você sente o desejo de obedecer a Deus na pequenas coisas ? 

Você sente vontade de viver em santidade? 

Você sente em alguns momentos o desejo de orar por outra pessoa? De ajudar alguém? 

Você sente vontade de ir à igreja? Falar com os irmãos?

Você sente vontade de louvar a Deus? 

Você sente que deve desligar ou sair  da frente da Tv quando esta passando algo que não se sente bem? 

Você sente que não dever investir num relacionamento pois ele traz danos a sua vida? 

Você se sente incomodado quando critica ou fala mal de alguém? 

Você sente que deve perdi perdão a Deus quando peca? 

Você sente que deve ir pedir perdão alguém que feriu? Que tem que perdoar alguém que te machucou? 

Algumas pessoas sentem essas impressões, esses desejos, mas as desconsideram por alguns motivos como: alguns por achar que são coisas da sua mente, outros porque se acham fracos e acreditam que não irá funcionar, mas se nascemos de novo temos dentro de nós esse agir operacional de Deus nela. 

Vamos analisar as seguintes perguntas: Você acha que a nossa carne quer Buscar a Deus? Que ela quer Ler um bom livro? Estudar a Bíblia? Orar? Se afastar de algo que está lhe prejudicando? Dizer não para o pecado? Você acha que a carne vai dizer para você não assistir um filme que não a acrescentar nada na sua vida? Que ela vai te impulsionar a ir pedir perdão ou perdoar quem te feriu? Não, Não e Não a bíblia diz em Rm 8: 7 que ela é inimiga de Deus “Porque a mentalidade da carne é inimiga de Deus, pois não se submete á lei de Deus, nem consegue fazê-lo”


Quem gera em nós o desejo de buscar a Deus amados? O nosso Deus, através do seu Espírito que em nós habita. Então cabe a nós nos submeter a esse operar e com toda a certeza haverá poder para realizar.


O nosso encontro com Deus começou pelo próprio Deus, a bíblia diz que estávamos mortos no pecado e não tínhamos nem uma atitude para com Ele, mas com o seu muito amor com que nos amou nos tirou do rei das trevas e nos transportou para o reino do seu filho amado a saber Jesus Cristo e nos deu uma nova vida e hoje ele habita em nós, somos templo do seu Espírito. 


Henry T. Blackaby diz o seguinte: Uma das maiores tragédias entre o povo de Deus é que enquanto as pessoas anseiam profundamente ter uma experiência com Deus, elas na verdade estão tendo experiências diárias com Ele, só que não percebem isso. 


Precisamos aprender um principio básico na vida cristã, tudo em nossa vida começou pelo próprio Deus e continuam por meio dele também. Muitos acreditam apenas na primeira parte do chamado de que se não fosse Deus eles não estariam onde estão, mas, se atropelam na questão de viver a nova vida, parece até que Deus os chamou e depois os abandonou a própria sorte e disse: se virem, só que não é bem assim, Ele está esta operando tanto o querer, o desejar, como o realizar do que ele colocou em nossos corações . 


A capacidade para obedecer a Deus em todas as áreas da nossa vida é necessária uma coisa: nos submeter a sua VONTADE, por isso é fundamental não resistirmos nem ignorarmos a sua vontade. 

Busquemos ao Senhor para sermos sensíveis a sua vontade, oremos ao Senhor para ter os olhos abertos para ver o seu poder operacional em nossas vidas e como filhos nos submetermos ao seu trabalhar.

“…Aquele que começou boa obra em vós há de completá-la até ao dia de Cristo Jesus.” Filipenses 1.6



Fonte: Vivendo pela Palavra:http://irismaroliveira.blogspot.com
Fonte da Imagem: http://www.google.com.br/

Sobre o Autor
Irismar Santos é autora do Vivendo pela palavra e pastora e reside em Fortaleza- Ce, é casada e mãe de um filho. Fez esse blog como objetivo mostrar a importância de viver pela Palavra de Deus. Seja bem-vindo e Volte sempre que desejar!.

18 comentários: