A Luz que nunca apaga.

09:00 Irismar Oliveira 6 Comments

Todos me abandonaram... Mas o Senhor me assistiu",
 2Tim.4.16,17.




Por Oswald Chambers
O servo de Deus deve viver tão bem sem a assistência de outros que nunca perceba que está só. Nas primeiras fases da vida cristã as tristezas nos sobrevêm; pessoas que costumavam ser luzes se apagam e as que costumavam ficar ao nosso lado se vão. Temos que nos habituar tanto a isso que nunca saibamos que estamos sós. "Todos me abandonaram... Mas o Senhor me assistiu", 2Tim.4.16,17

Temos que construir nossa fé, não sobre luzes mortiças, mas sobre a luz que nunca se apaga. Quando os "grandes" homens se vão, entristecemo-nos, mas, depois compreendemos que eles estavam destinados a partir, que a única coisa que permanece é contemplarmos por nós mesmos a face de Deus.

Fonte da imagem:https://www.google.com.br

Você também pode gostar

6 comentários:

  1. Iris querida, que reflexão linda e verdadeira.
    Muitas vezes queremos "muletas", ou "luzes mortiças" para nos ajudar na caminhada, mas precisamos nos apegar a Jesus e andar na Sua luz, pois essa NUNCA se apagará.
    Um beijo bem carinhoso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Cida isso é verdade, pois tem vezes que essas as muletas se tornam no coração do cristão maiores que o proprio Senhor e quando elas saem muitos ficam abatidos

      Amiga te desejo uma bela tarde

      Excluir
  2. Olá Irismar
    Belo texto, o nosso Deus sempre está conosco, Ele é o nosso ajudador. Tenha um dia abençoado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lucinalva gosto muito do salmo 118 quando o salmista diz que o sr esta entre os que o ajudam, ele conseguir ver DEus sempre ao seu lado.

      Abraçoooo

      Excluir
  3. AMÉM PALAVRA FORTE!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ‎Neilane , também achei forte e profunda, que verdade essa que precisamos ter nessa caminhada com Cristo. uma boa tarde

      Excluir